Sucedem-se acidentes laborais de gravidade em diferentes pontos da Galiza

23 de Janeiro de 2008

Bezerreá, Arnoia, Vigo, Oia, Carral e Ferrol vivêrom nas últimas 24 horas sucessivos acidentes laborais que confirmam o mercado galego como um dos mais perigosos da Europa.

Os mais graves custárom a vida a um trabalhador em Melom e outro em Bezerreá (neste caso também morreu o contratista), esmagados por máquinas numha canteira e no sector da madeira respectivamente.

Em Vigo, um operário do sector naval ficou gravemente ferido ao ficar preso por umha máquina numha perna, sem que saibamos o alcance real dos graves ferimentos sofridos, que figérom perigar o membro, desgarrado e fracturado polo acidente.

Há que somar ainda acidentes de diferente gravidade em Ferrol, Carral e Oia, num dia negro para a classe trabalhadora galega.

 

Voltar à página principal