Outro acidente mortal nas obras do AVE

23 de Setembro de 2007

Três semanas depois da morte de um operário viguês no Carvalhinho, as obras do AVE registárom um novo falecimento, desta vez em Cerzeda (comarca de Ordes), ao capotar umha máquina escavadora em cima de um trabalhador de 23 anos. Um segundo obreiro de 30 anos ficou ferido e foi conduzido a um hospital da Corunha.

A empresa responsável pola segurança e polas obras é Ferrovial Agromán dixo que abriria um inquérito sobre o acontecido, mas desconhece-se se haverá um inquérito independente da Administraçom pública para determinar as responsabilidades deste novo sinistro, segundo de importáncia no mesmo local, depois do acidente no mês de Agosto, em que quatro operários ficárom feridos.

Só se sabe que, perante esta nova morte, os sindicatos telefonárom à Conselaria do Trabalho, e que haverá umha nova reuniom bilateral na próxima terça-feira. Discursos, reunions e condolências oficiais continuam sem evitar os contínuos acidentes graves no mercado laboral galego.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Mútua das obras o AVE qualifica de "ligeiro" o acidente que custou a vida a um trabalhador no Carvalhinho. (+...)

Mais acidentes laborais, na terra e no mar, e ninguém responde. (+...)

Dados oficiais certificam aumento da sinistralidade laboral na Galiza em 2007. (+...)

 

Voltar à página principal