Começou a caça às bruxas: detido um estudante, militante de AGIR, em Compostela

@s estudantes agredid@s pola segurança privada de San Gil estám a ser detidos, acusados de serem eles e elas as e os agressores: eis a democracia espanhola!

15 de Fevereiro de 2008

As pressons mediáticas e políticas da extrema-direita espanhola, junto às cessons das supostas esquerdas, totalmente vendidas, começa a concretizar-se. Um estudante de Direito da Universidade de Compostela, Iago Barros Minhons, militante independentista de AGIR, foi detido nesta mesma manhá pola polícia espanhola, acusado de participar na concentraçom de repulsa à presença da fascista Maria San Gil na Faculdade de Económicas no passado dia 12.

AGIR convocou já umha concentraçom às 20 horas na praça do Pam de Compostela em resposta à perseguiçom policial contra estudantes, iniciada com a detençom do seu militante Iago Minhons. O delegado do Governo espanhol na Galiza, Manuel Ameixeiras, já anunciou mais detençons.

Os meios do sistema difundírom durante as últimas horas referências a sete estudantes sobre os quais iria ser dirigida a repressom por simplesmente terem exercido o direito de manifestaçom, de maneira pacífica.

Os violentos seguranças e guarda-costas privados que agredírom o estudantado auto-organizado fôrom convertidos em vítimas e os alunos e alunas espancadas começam agora a ser caçados polas forças de ocupaçom espanholas no nosso país.

Chega com ver os diferentes vídeos que circulam na rede para comprovar sem nengumha dúvida possível que nom houvo mais agressons que as protagonizadas polos caceteiros que acompanhavam os dirigentes do Partido Popular.

Prevê-se que a loucura repressiva continue com novas detençons de estudantes. É necessário dar resposta em chave mobilizadora e democrática, à reacçom espanhola e aos vendidos do PSOE e o BNG.

A organizaçom estudantil independentista AGIR anunciou que oferecerá mais informaçons no seu web ao longo do dia de hoje.

Pola liberdade de expressom e manifestaçom!

Fora o fascismo espanhol!

Liberdade sem cargos para Iago!

 

Voltar à página principal