Antifascismo galego convoca mobilizaçons contra a violência neofascista

13 de Novembro de 2007

O assassinato de um jovem antifascista na capital espanhola a maos de um bando de názis provocou respostas populares em numerosos lugares da Península Ibérica, a começar pola própria Madrid, onde centenas de pessoas se concentrárom no mesmo dia do assassinato.

Também na Galiza estám a produzir-se assembleias em regime de autoconvocatória por parte de colectivos e pessoas diversas, adscritas à pluralidade da esquerda social galega, em resposta ao rearme fascista, e ao tratamento dado pola imprensa burguesa aos factos do passado domingo em Madrid. Com efeito, os media pretendem igualar os bandos de fascistas com os movimentos sociais populares que fam frente à escalada violenta nazi, alimentada polo discurso social do PP e dos seus meios afins, nomeadamente a emissora radiofónica da Conferência Episcopal Espanhola.

A seguir, oferecemos a listagem de convocatórias já confirmadas, apelando a participar e juntar forças para combater o fascismo:

Vigo: quinta-feira, dia 15, às 20 horas, no Marco.

Corunha: quinta-feira, dia 15, às 20h30, no Obelisco.

Ponte Vedra: quinta-feira, dia 15, às 20 horas, na Peregrina.

Ferrol: sábado, dia 17, às 19 horas, no Cantom de Molins.

 

Voltar à página principal