25 de Novembro: "Memória para construir futuro" no Berzo

23 de Novembro de 2007

Diversos sectores da esquerda anticapitalista berziana fai coincidir o Dia Internacional contra a violência machista com umha jornada de homenagem e debate: 'Memória para construir futuro'.

Às 12h30, realizará-se umha homenagem a todas as mulheres que participárom, de umha ou outra forma, de armas na mao ou colaborando com ela, na guerrilha antifascista. Representadas no nome de Alida González Arias, integrante do grupo de guerrilheir@s antifranquistas de Girom, que operou no Berzo desde 36 até 51, recuperará-se a memória dos centenas de mulheres que figérom frente à barbárie fascista. O acto realizará-se no cemitério de Salas dos Bárrios, em Ponferrada, onde Alida González Arias, falecida em Setembro de 2006, está soterrada.

À tarde, a partir das 17h00, terá lugar, no bar "Lauburu" de Ponferrada (zona alta, acarom do Campus) um colóquio sobre "as nossas luitas presentes e futuras: carestia da vida, problemas da vivenda, precariedade, etc...", com a participaçom do sindicalista e trabalhador da construçom Angel Luis Parras.

Tal como se indica no web de NÓS-UP, "com este novo acto, este espaço comum de trabalho e debate que a esquerda anticapitalista vai conformando no Berzo, a partir da pluralidade e o reconhecimento da diversidade das identidades que o conformam, dá um novo passo no caminho da sua consolidaçom".

 

Voltar à página principal