[Documentário] Quando a democracia extermina: o caso da Uniom Patriótica colombiana

15 de Junho de 2008

Em 1985, e como resultado das conversas entre as FARC e o Governo colombiano de Belisario Betancour, a esquerda organizou-se na Uniom Patriótica para ensaiar a actuaçom política convencional, à margem da luita armada praticada polas FARC durante as décadas anteriores. O ensaio concluiu com o extermínio sistemático de deputados, dirigentes e militantes da nova organizaçom política, num caso inédito num sistema democrático-burguês como já era a Colômbia dos anos 80: foi o chamado "Plan Baile Rojo" ("Plano Dança Vermelha").

Achamos de interesse, nesta altura em que alguns sectores questionam a legitimidade da esquerda revolucionária colombiana para continuar a luita guerrilheira, dar a conhecer este documentário em que se dá a conhecer o processo polo qual o Estado e os seus sicários conseguírom abortar a integraçom da esquerda revolucionária no sistema de partidos pola via do extermínio físico de representantes institucionais e políticos. Um documento, de 1 hora de duraçom, a nom perder.

 

Voltar à página principal