Fidel salienta democracia cubana face a "fraudes" ianques

22 de Outubro de 2007

Coincidindo com as eleiçons cubanas, o líder revolucionário Fidel Castro escreveu um artigo difundido em vários jornais cubanos e internacionais, dedicado a pôr em destaque os valores democráticos cubanos face à ditadura do dinheiro existente nos EUA. Reproduzimos a seguir na íntegra o artigo de Fidel

As eleiçons

Nossas eleiçons som a antítese das que ocorrem nos Estados Unidos, nom num domingo, mas na primeira terça-feira de Novembro. Lá, o principal é ser muito rico ou contar com o apoio de muito dinheiro. Depois, investir quantias enormes em publicidade que é especialista em lavagem de cérebros e reflexos condicionados. Ainda que haja honrosas excepçons, ninguém pode aspirar a nengum cargo importante se nom dispuger de milhons de dólares.

Para ser eleito presidente, som necessárias centenas de milhons de dólares, que saem das arcas dos grandes monopólios. E ainda pode triunfar o candidato com umha minoria dos votos nacionais.

Cada vez menos cidadaos vam às urnas, já que muitos preferem trabalhar ou dedicar o tempo a algumha outra cousa. Há fraudes, truques, discriminaçom ética e até violência.

A façanha de que mais de 90% dos cidadaos votem e de que as urnas fiquem sob o cuidado de estudantes é inusitado, e nom pode ser tratado como realidade, pois ocorre num “obscuro rincom do mundo”, agredido e bloqueado, que se chama Cuba. Assim exercitamos os músculos vigorosos de nossa consciência.

Fidel Castro Ruz

 

Voltar à página principal