Trasancos mantém oposiçom a Reganosa

6 de Fevereiro de 2008

Mais de 150 pessoas voltárom a concentrar-se hoje no cais de Corujeiras, em Ferrol, coincidindo com a entrada na ria de um novo gaseiro, após a suspensom da entrada ontem, devido a problemas de segurança provocados polo forte vento.

O movimento popular contra Reganosa e a sua estaçom regasificadora no coraçom da ria, já em funcionamento, nom decai apesar da unanimidade institucional em apoiar o projecto especulativo de Tojeiro e as principais entidades financeiras galegas.

Faleceu coordenador do Comité de Emergência

A concentraçom anti-Reganosa coincidiu hoje com o enterro de principal referente da oposiçom popular à gasificadora, Carmelo Teixeiro, que falecia ontem após umha doença incurável que padeceu nos últimos meses.

Às 18 horas, várias centenas de pessoas acompanhárom as cinzas no cemitério de Catabois, em Ferrol, onde foi despedido com os acordes do Hino do Antigo Reino da Galiza e rodeado das bandeiras vermelhas que identificam a luita contra Reganosa.

Numerosos sectores dos movimentos sociais da comarca trasanquesa, incluída a esquerda independentista, assistírom ao enterro e dérom as condolências aos membros do Comité, que reafirmárom a continuidade da luita até ver a ria livre de ameaças à segurança das pessoas e ao meio natural.

 

Voltar à página principal