XI Jornadas Independentistas Galegas vam ser dedicadas ao Che

Clica na imagem para veres o cartaz das Jornadas em grande formato

7 de Junho de 2007

Coincidindo com o 40 aniversário da sua queda em combate na Bolívia este ano as XI Jornadas Independentistas Galegas estám dedicadas a analisar e reflectir sobre o pensamento e o legado do Che Guevara. Será no dia 16 de Junho, sábado, na capital da Galiza.

Frente aos habituais tópicos e às imagens estereotipadas da sua figura, pretendemos resgatar o Che dessa vulgarizaçom e caricaturizaçom a que foi submetido polo imperialismo desde que o converteu num souvenir, num inofensivo ícone mercantil de simples consumo, despojado do seu conteúdo subversivo e anticapitalista.

Queremos recuperar os seus importantes contributos teórico-práticos, os princípios e valores, o coerente compromisso de revolucionário comunista tam incómodo e indigerível para as diversas variantes do reformismo social-democrata ou estalinista, e obviamente o seu exemplo. Porque hoje, em 2007, o dever de todo revolucionári @ continua a ser fazer a Revoluçom.

O Che foi um combatente revolucionário que morreu de armas na mao, a combater o imperialismo, mas também foi um pensador criativo com umha vasta obra, cheia de importantes contributos para os debates mais candentes que o marxismo revolucionário livrava com o dogmatismo soviético e o fracassado modelo burocrático do socialismo realmente inexistente.

Acrescentando a sua coerente prática individual, o Che Guevara é, sem lugar a dúvidas, um dos referentes mais sólidos dos valores e condutas que devem guiar o ser humano do futuro, e espelho das geraçons de combatentes revolucionári@s do presente.

Nom se pode desligar o Che das suas responsabilidades para o triunfo da Revoluçom Cubana, como um dos seus principais dirigentes e símbolos. Por este motivo, estas XI Jornadas Independentistas Galegas também querem ser a inequívoca acçom solidária d @s comunistas galeg @ s a Cuba e a sua Revoluçom, exemplo a seguir polos povos e as massas trabalhadoras e oprimidas do planeta.

Continuando com a concepçom aberta que caracteriza as Jornadas Independentistas Galegas, como único espaço regular e permanente de análise marxista realizado na Galiza sobre as mais diversas questons nacionais e internacionais, nesta ocasiom Primeira Linha volta a promover um foro de reflexom que dá cabimento a diversas vozes e referentes da esquerda existente no País, mas também conta com a presença de militantes e teóricos marxistas de Cuba, do Estado francês, Euskal Herria e Portugal.

Comité Central de Primeira Linha

Galiza, Junho de 2007

PROGRAMA

Sábado 16 de Junho, Hotel Hespéria Gelmires. Rua do Hórreo 92, Compostela

11 horas. Influência do Che na esquerda galega

· Maurício Castro, portavoz de NÓS-Unidade Popular

· Moncho Leal, Asssociaçom de Amizade Galego-Cubana Francisco Vilhamil

· Camilo Nogueira, histórico dirigente da esquerda nacionalista

· Lois Pérez Leira, Unidade da Esquerda Galega

· Carlos Portomeñe, Secretário-Geral do PCG

17 horas. Actualidade do pensamento do Che Guevara

· Ana Barradas, revista comunista portuguesa Política Operária

· Justo de la Cueva, militante comunista basco

· Domingos Antom Garcia Fernandes , filósofo

· Alejandro Fuentes Hernández , Consul de Cuba na Galiza

· Michael Löwy , teórico marxista

 

Voltar à página principal