FARC confirmam falecimento do líder revolucionário colombiano, Manuel Marulanda, e a continuaçom da luita "até a vitória"

25 de Maio de 2008

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia informárom da morte, no passado mês de Março, do que foi fundador em 1964 e líder desde entom do maior movimento guerrilheiro revolucionário da América Latina, Manuel Marulanda Vélez. Foi no passado dia 26 de Março, segundo informou Timoleón Jiménez, membro do Secretariado das FARC.

Timoleón informou da eleiçom unánime de Alfonso Cano como novo comandante do Estado Maior Central das FARC, apresentando pública homenagem ao grande comunista colombiano, defensor da causa dos pobres desde muito novo e até o seu derradeiro fôlego.

Na Galiza, os militantes e as militantes comunistas e independentistas somamo-nos à homenagem ao líder da revoluçom colombiana e confirmamos o apoio à luita do povo da Colômbia contra a oligarquia genocida e pró-imperialista.

oferecemos a seguir um fragmento do vídeo em que o comandante Timoleón Jiménez informa do falecimento do grande revolucionário marxista que liderou a luita popular colombiana nas últimas décadas.

Voltar à página principal