Mais um obreiro morto em acidente de trabalho, agora em Mós

24 de Maio de 2008

A contagem de operárias e operários galegos mortos em acidentes laborais nom deixa de crescer. Desta vez foi no concelho de Mós, na comarca de Vigo, e a vítima um trabalhador de umha empresa de maquinaria elevadora, "Elevaciones Rama", que recebeu o impacto da máquina com que trabalhava.

Representantes sindicais já confirmárom que houvo um incumprimento flagrante de normas de segurança por parte da empresa, já que o obreiro, de 37 anos, trabalhava abaixo da máquina elevadora articulada, cujo mecanismo, por motivos que nom fôrom esclarecidos, se pregou, esmagando o operário.

Com esta nova morte, som 30 as contabilizadas oficialmente em acidentes de trabalho no território da Comunidade Autónoma da Galiza no que levamos de ano. No ano 2007, entre Janeiro e Abril, morreram 18 operários e operárias galegas, enquanto em Abril de 2008 eram já 26, que em práticamente umha semana aumentárom até atingir os actuais 30.

Com certeza, nom serám as últimas mortes no mundo do trabalho da Galiza. Com certeza, instituiçons públicas e patronato continuarám a fazer ouvidos moucos a um problema que afecta sempre aos mesmos e às mesmas, e que tampouco os principais sindicatos estám a afrontar com a necessária energia e claridade.

 

Voltar à página principal