Euskal Herria: NÓS-UP, contra as novas medidas repressivas do Estado espanhol

11 de Junho de 2007

NÓS-Unidade Popular difundiu um comunicado em que lembra que "a resoluçom de conflitos históricos de natureza política como o que protagonizam o Estado espanhol e o País Basco nom tenhem soluçom repressiva". Situando o caso basco nesses parámetros e lembrando a maciça adesom popular ao projecto da esquerda abertzale, reclama umha "viragem na posiçom do governo espanhol, que permita reconduzir o conflito em termos democráticos e de negociaçom política".

Em concreto, NÓS-UP, considera imprescindível "deter a vaga repressiva, começando por devolver a liberdade a Iñaki De Juana e ao principal porta-voz político da esquerda abertzale, Arnaldo Otegi."

A organizaçom independentista e socialista galega fai pública a sua solidariedade ao conjunto da esquerda abertzale basca, lembrando que os povos basco e galego aspiram a um mesmo objectivo: "o exercício do direito de autodeterminaçom e um novo quadro político-institucional baseado num modelo verdadeiramente democrático que, até hoje, o Estado espanhol usurpa com a imposiçom da antidemocrática Constituiçom de 1978."

Umha reclamaçom a que o nosso partido adere firmemente, na certeza de que o irmao povo basco conseguirá vencer as posiçons reaccionárias e claramente antidemocráticas, inclusive para o formalismo puramente burguês, do Estado espanhol.

Pode consultar-se o comunicado integral de NÓS-UP no seu web nacional.

 

Voltar à página principal