AGIR adverte sobre o discurso neoliberal da conselheira da Educaçom

25 de Junho de 2007

A organizaçom estudantil da esquerda independentista, AGIR, adverte no seu portal na rede sobre o conteúdo do discurso da titular do departamento autonómico da Educaçom, Laura Sánchez Piñón, numhas jornadas realizadas em Compostela.

Em linha com o espírito de Bolonha, Sánchez Piñón falou do aumento do "investimento por estudante", jogando com a ambigüidade de dar a entender que se trata do investimento privado das entidades financeiras e empresarias que cada vez ganham mais quotas de poder no ensino superior da Galiza. AGIR, que leva anos fazendo denúncias da orientaçom mercantilista da educaçom superior no nosso país, sublinha a ambigüidade intencional da conselheira, contestando-lhe que "se se refere a que paguemos mais cada ano por comprar o acesso ao ensino, estamos ao tanto; se se refere a acrescentar os orçamentos públicos, seguimos pendentes".

A conselheira afirmou que "a educaçom galega está a mudar muito", anunciando mais mudanças na mesma linha, que AGIR denuncia polo encarecimento e precarizaçom dos serviços e a progressiva privatizaçom de todo o que envolve a actividade formativa nas universidades do nosso país, tal e como estabelece a doutrina "europeísta" na matéria. Podes ler a avaliaçom de AGIR sobre a questom aqui.

 

Voltar à página principal