BRIGA continua campanha solidária com três antimilitaristas em Ponte Vedra

30 de Janeiro de 2008

A organizaçom juvenil independentista BRIGA mantém durante as últimas semanas umha campanha de apoio a três jovens que vam ser julgados no próximo dia 4 de Fevereiro na cidade do Leres, acusados de " injúrias e maltrato às Forças Armadas".

A realizaçom de murais e pintadas em muros da cidade de Ponte Vedra está a dar conteúdo à campanha, num novo caso de repressom judicial contra o activismo juvenil mais consciente. @s jovens enfrentam pedidos de um ano de prisom e de 2.000 euros de multa cada um/ha, por um acto reivindicativo contra umha campanha de promoçom militarista da Brilat na cidade.

BRIGA está também a enfrentar o assédio policial durante estes dias, com identificaçom a militantes e simpatizantes que espalham a mensagem solidária nas ruas de Ponte Vedra, sendo provável que se originem novas multas inclusive por parte da polícia local, num concelho governado polo BNG e o PSOE.

É preciso manter e aumentar a cobertura a todos os sectores populares represaliados ao longo da Galiza, como neste caso acontece com a juventude revolucionária e independentista. @s comunistas organizad@s em Primeira Linha aderimos a essa necessária solidariedade activa, e chamamos a assistir no dia 4 a julgamento, nos tribunais de Ponte Vedra.

Toda a informaçom sobre a campanha de BRIGA está aqui.

 

Voltar à página principal