Concentraçons em Vigo e Compostela em resposta à detençom de três independentistas

16 de Dezembro de 2007

A detençom, na madrugada do dia 14, de três independentistas acusados pola Guarda Civil e os media espanhóis de "terrorismo", foi contestada por dúzias de pessoas na capital da Galiza e em Vigo, convocadas polo colectivo CEIVAR, para denunciar o regime de incomunicaçom imposto aos detidos e as possíveis torturas que podem sofrer em dependências policiais.

Enquanto as fontes institucionais, policiais e mediáticas do regime aplicárom já a sua sentença, dando aos detidos tratamento de "terroristas", pola nossa parte nom queremos deixar de somar-nos às vozes que tenhem expressado preocupaçom pola sua integridade física, tendo em conta as habituais práticas nos quartéis da Guarda Civil e esquadras da Polícia, denunciadas por organismos independentes internacionais como Amnistia Internacional.

De resto, as versons policiais merecem toda a desconfiança, já que entre os seus objectivos está sempre a criminializaçom das opçons políticas anti-sistémicas, como é o caso do independentismo galego. A cautela e a solidariedade som a melhor resposta à campanha de linchamento em curso...

 

Voltar à página principal