350 pessoas manifestárom-se pola autodeterminaçom em Vigo

6 de Dezembro de 2007

A manifestaçom convocada pola entidade suprapartidária Causa Galiza reuniu 350 pessoas nas ruas centrais de Vigo no meio-dia de hoje. A manifestaçom reivindicou o direito de autodeterminaçom para a Galiza, rejeitando o quadro jurídico-político imposto ao nosso país pola Constituiçom espanhola e monárquica de 1978.

A mobilizaçom, que partiu da Via Norte, concluiu na praça da Princesa, onde Pilar Gonçales e Paulo Parga se dirigírom às pessoas congregadas, para salientar "o carácter imposto da carta magna espanhola" e reivindicar a "soberania galega".

Depois de ser cantado o nosso Hino Nacional, ardeu umha figura do monarca espanhol em tamanho natural e em madeira, o que foi aplaudido polas assistentes ao acto soberanista. Militantes do nosso partido participárom mais umha vez nesta nova convocatória de Causa Galiza, que incluiu críticas aos partidos parlamentares por negarem ao nosso povo o direito a decidir.

No fim da marcha, a polícia espanhola actuou mais umha vez em chave repressiva contra o nosso soberanismo. Quatro manifestantes, membros de NÓS-Unidade Popular, fôrom detidos em plena rua após exercerem o seu direito de manifestaçom.

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Polícia espanhola detém quatro militantes de NÓS-Unidade Popular em Vigo. (+...)

 

Voltar à página principal