Carga polícial contra dúzias de pessoas concentradas para reclamar a liberdade dos detidos

6 de Dezembro de 2007

A polícia espanhola realizou umha carga contra as pessoas concentradas em frente da esquadra de López Mora, em Vigo. Se no início eram mais de 60 as pessoas que estavam concentradas, convocadas por NÓS-Unidade Popular, agora som já mais do dobro, a exigirem a liberdade de Santiago, Crístofer, Carlos e Alexandre, quando os fardados espanhóis iniciárom umha carga para tentar desfazer o acto de protesto.

Temos notícia directa da existência de alguns contusionados e contusionadas, incluindo umha pessoa com um dedo roto, mas a acçom policial fracassou na sua tentativa de dispersar a concentraçom. Mais pessoas continuam a chegar ao lugar e o tránsito foi cortado, em meio de gritos pola liberdade dos quatro independentistas detidos.

Causa Galiza, convocante da manifestaçom deste meio-dia em que foi queimada a imagem do Bourbon, condenou as detençons e apoiou a concentraçom em solidariedade com os detidos. Também de Primeira Linha encorajamos as pessoas solidárias de Vigo e arredores a assistir ao lugar até conseguirmos libertar os quatro companheiros presos polo "grave delito" de se manifestarem pola autodeterminaçom da Galiza

 

:: Mais informaçons sobre o mesmo tema

Polícia espanhola detém quatro militantes de NÓS-Unidade Popular em Vigo. : concentraçom às 17h30 em López Mora (+...)

350 pessoas manifestárom-se pola autodeterminaçom em Vigo (+...)

 

Voltar à página principal