Novos protestos em Amarah (Iraque), onde as forças ocupantes e sipaias assassinárom cinco manifestantes

11 de Janeiro de 2004

Mais umha vez, as forças imperialistas presentes no Iraque esclarecêrom o seu papel no país. Umha manifestaçom de desempregados na cidade de Amarah, a Sul do Iraque, onde o desemprego é superior a 50% da populaçom, foi dispersada a tiros. O resultado, dúzias de pessoas feridas e cinco ou seis mortas.

O comando imperialista acusou as pessoas manifestantes de terem atirado pedras contra a polícia sipaia e os soldados ocupantes, o que justificaria a reacçom de abrir fogo indiscriminadamente contra a multitude.

Um dia depois da chacina, novos protestos estám acontecendo na cidade de Amarah, com manifestantes armados com pedras face aos carros blindados e o armamento ocupante.

 

Voltar à página principal