Vaga de ataques guerrilheiros no Iraque

1 de Fevereiro de 2004

Polo menos 56 pessoas morrêrom e mais de 200 ficárom feridas hoje em dous ataques suicidas realizados contra a sede de dous partidos curdos colaboracionistas do imperialismo no Iraque e integrados no Governo fantoche pró-ianque, na cidade curda de Irbil.

Polos vistos, um homem com explosivos presos ao corpo se explodiu na sala de reunions do Partido Democrático do Curdistám, onde havia centenas de pessoas que celebravam o início do festival islámico Eid al-Adha. Umha segunda explosom aconteceu na sede de outro partido político curdo, a Uniom Patriótica do Curdistám.

Segundo o ministro do governo autónomo curdo, Mohammed Ihsan, o governador da cidade estava entre autoridades mortas nos atentados.

Noutra acçom da resistência, cerca de 20 pessoas morrêrom tentando requisar um depósito de muniçons no sudeste do país.

A onda de acçons guerrilheiras coincide com a visita surpresa do subsecretário da Defesa dos Estados Unidos, Paul Wolfowitz, considerado um dos principais "falcons" da extrema direita do governo Bush.

 

Voltar à página principal