Sabotagem múltipla das FARC colombianas contra interesses da oligarquia petrolífera

21 de Novembro de 2003

A guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo (FARC-EP) protagonizou um audaz operativo militar contra o chamado oleoduto Transandino e contra outros pontos da infraestrutura petrolífera no Departamento de Putumayo, no sul do país, provocando a parálise da actividade.

A acçom guerrilheira atingiu até quinze objectivos, sem provocar vítimas pessoais, e interrompendo o transporte de petróleo durante um tempo indeterminado. O exército ao serviço da oligarquia colombiana viu-se impotente ante as acçons revolucionárias, que dinamitárom várias pontes como estratégia defensiva.

 

Voltar à página principal