6 de Março: Associaçom de Amizade Galego-Cubana "Francisco Villamil" convoca concentraçom de solidariedade com os prisioneiros cubanos nos EUA

2 de Março de 2004

Em Junho de 1998, no curso de vários antentados à bomba contra interesses cubanos por parte de grupos da extrema direita "gusana" que opera a partir dos EUA, cinco cubanos fôrom arrestados polo Governo ianque acusados de fazerem parte de umha rede de espionagem. Trata-se de cinco rapazes novos: Gerardo Hernández, Ramón Labañino, Antonio Guerrero, Fernando González e René González.

Durante 17 meses, ficárom presos em celas de isolamento, apesar de alei norte-americana falar de apenas um máximo de sessenta dias. Em 2001, após um processo pragado de irregularidades, os jovens cubanos fôrom condenados: Gerardo foi a duas cadeias perpetuas, mais quinze anos de privaçom de liberdade; Ramón, a cadeia perpetua, mais 18 anos; Antonio, a cadeia perpetua, mais dez anos; Fernando, a 19 anos. René, a 15. As acusaçons vam de conspiraçom contra os Estados Unidos, comum nos cinco, até o assassinato em primeiro grau, espionagem, identidade falsa e nom se registar coma agente estrangeiro. Foi um julgamento claramente político.

Tal e como lembra a Associaçom "Francisco Villamil", nom há que esquecer o contexto que vive Cuba, que durante quatro décadas se viu submetida a todo o tipo de atentados contra a saa populaçom, os cultivos, a sua economia e, em definitivo, contra a sua soberania. Os cinco infiltrarom-se em organizaçons contrarrevolucionárias, informando o Governo cubano dos planos criminosos que preparavam esses grupos a partir do território estado-unidense. Mais de três mil pessoas morrêrom em Cuba, vítimas destas acçons, sem que as autoridades ianques tomassem mediadas para impedirem que o seu território seja utilizado como base operacional. Cuba tem o direito de se defender. Em nengum momento interessou conspirar contra a segurança dos EUA.

Agora, a Associaçom de Amizade Galego-Cubana "Francisco Villamil" adere às mobilizaçons internacionais para exigir a liberdade dos cinco patriotas cubanos. A concentraçom galega decorrerá no próximo dia 6 de Março ante o Consulado ianque na Corunha, sito no Cantom Grande, nº 6, às 12 do meio-dia.

 

Voltar à página principal