Na Corunha AGIR mobiliza douscentos estudantes contra da guerra

A quinta-feira 13 de Março tivo lugar, às 12:00 horas, umha concentraçom no Campus de Elvinha da Universidade da Corunha contra a guerra imperialista.
A movimentaçom foi umha iniciativa de AGIR que, junto com a OES (Organizaçom de Estudantes de Sociologia), reunírom no acto duascentas pessoas entre um amplo seguimento dos meios de comunicaçom que escuitárom palavras de ordem como: "Nom à guerra imperialista", "Nom mais sangue por petróleo", "Ilegalizar o partido popular", etc.

Após um massivo reparto de panfletos, a organizaçom estudantil do MLNG e @s companheir@s de Sociologia, realizárom um corte de tránsito na entrada do campus, que é à sua vez umha das principais entradas e saídas da cidade.

Na faixa de AGIR podia-se ler a seguinte legenda: Contra a guerra imperialista. Governo espanhol assassino.




Voltar à página principal