Provável suspensom das eleiçons municipais na CAB

O Estado espanhol está sopesando a supressom das eleiçons municipais na Comunidade Autónoma Basca segundo afirmou o sociólogo comunista basco Justo de la Cueva nos actos políticos realizados na Corunha e Ponte-Areias que anunciamos a semana passada. Organizados por NÓS-UP tivérom lugar o 2 e 3 de Abril respectivamente duas charlas sobre "A situaçom política de Euskal Herria" com grande sucesso. Na Corunha fôrom mais de setenta as pessoas que seguírom durante mais de duas horas a análise do responsável da Rede Basca Vermelha. Na capital do Condado, em Ponte-Areais, meio centenar de pessoas ateigárom o local.

Justo de la Cueva realizou umha brilhante exposiçom sobre a situaçom actual da luita de libertaçom nacional e social de género do povo basco, denunciando a repressom do capitalismo espanhol e a tortura como umha das prácticas sistemáticas que utiliza contra @s centenares de detid@s anualmente. Considera que perante a perda de votos que o PP vai experimentar nas eleiçons municipais de Maio, e perante o incremento eleitoral que os inquéritos do governinho bascongado dam à esquerda independentista, a estratégia espanhola passa por suspender as eleiçons como primeiro passo para suprimir o Estatuto de Autonomia. Este arriscado prognóstico foi amplamente explicado, assim como as perspectivas do incremento da repressom para evitar o avanço do processo independentista basco.

Nas charlas Justo de la Cueva realizou um breve e ameno repasso histórico que permite compreender a acumulaçom de forças revolucionárias, desde o nascimento de ETA a finais dos anos cinqüenta, até a actualidade.



Voltar à página principal