NÓS-UP ampresenta moçons municipais contra a guerra em Ponte-Areias e em Salvaterra


A assembleia comarcal de Nós-UP Condado vem de apresentar moçons nos concelhos de Salvaterra e Ponte-Areias, demandando dos respectivos governos municipais o seu posicionamento contrário frente à iminente e injusta guerra imperialista contra o Iraque.

Os motivos que aduzímos para solicitar o posicionamento dos concelhos centram-se no atentado contra o povo iraquiano que suporá umha nova guerra, a arbitrariedade que supom atacar o Iraque numha área em que o regime de Sadam nom é o que mais viola os direitos humanos (veja-se o caso de Turquia, Arábia Saudita, Irám...), a denúncia da política seguidista do Estado espanhol respeito aos EUA e a ameaça à estabilidade do Oriente Médio, assi como a manifesta oposiçom da populaçom galega frente à pretendida guerra alentada por Bush, Blair e Aznar.

Solicitámos das corporaçons municipais um pronunciamento público sobre a intervençom no Iraque no que se manifeste a total oposiçom a umha guerra injusta que pagará o mesmo povo que vem sofrendo durante anos um embargo brutal e anti-humano. Que os concelhos se manifestem insubmissos a pagar qualquer tipo de imposto que financie a política belicista do governo Aznar e que estabeleçam todos os mecanismos dos que disponham para pressionar a administraçom estatal no caminho de evitar a guerra.

Sem mais polo de agora e aguardando que recolham a informaçom sobre as nossas novas iniciativas municipais, recebam saudaçons.




Voltar à página principal