Atacado com ovos de pintura preta o prédio da Junta da Galiza de Ferrol

No quadro do amplo movimento de massas contra a maré negra na madrugada do sábado 21 de Dezembro, poucas horas antes de que a comarca de Trasancos se mobilize na manifestaçom convocada pola Plataforma Nunca Mais, militantes da esquerda independentista atacavam com ovos de pintura preta as instalaçons administrativas que a Junta de Galiza tem na Porta Nova, na cidade de Ferrol.
Na fachada, que ficou completamente tingida de preto, pode-se ler a palavra de ordem "Espanha é a nossa ruína. NÓS-UP". Segundo testemunhas presenciais dezenas de ovos com tinta preta impactárom na fachada numha audaz acçom caracterizada pola precisom e agilidade d@s activistas que a realizárom. Com esta nova acçom, o Movimento de Libertaçom Nacional Galego (MLNG) assinala ao governo autonômico de Fraga Iribarne e ao capitalismo espanhol como responsáveis da tragédia ecológica e sócio-laboral que assola a nossa naçom.



Voltar à página principal