Assembleia de Estudantes de Compostela ocupa o Conselho Social da USC

25 de Março de 2004

Ontem dia 24 de Março, tivo lugar em Compostela um novo acto da Assembleia de Estudantes, que consistiu na ocupaçom do Conselho Social da USC. Durante o mesmo, um grupo de estudantes entrou na sede deste órgao com umha faixa, enquanto se proferiam palavras de ordem contra o reitor e a penetraçom do capital empresarial na universidade pública.

A Assembleia informou de que se tratou de mais um acto de denúncia ante a monumental dívida que arrasta um organismo que se di a si mesmo "público": Um buraco que ascende a mais de 40 milhons de euros de dívida, ao que se soma um outro endividamento com a banca, ao ter que pedir empréstimos que já ultrapassárom os 9 milhons de euros.

A isto une-se o facto da suspensom que a Junta fijo do plano de financiamento para a universidade, deixando umha instituiçom já de por si degradada, sem fundos públicos e numha situaçom de bancarrota.

A Assembleia assinalou assim como culpados o Governo privatizador da Junta e a equipa reitoral e o próprio Senén Barro, que em lugar de esclarecer a situaçom após dous anos da sua nomeaçom, continua a esconder as contas e a se negar a explicitar a quanto ascende a dívida da USC.


Voltar à página principal